Enquadramento


O papel da Geologia na natureza do vinho é um tema que há muito tem suscitado o interesse de geólogos e profissionais da área da viticultura e da Enologia, numa tentativa de definir, caracterizar e diferenciar as distintas regiões ou sub-regiões vitivinícolas, tendo como objetivo essencial o aprimoramento das produções vitícolas e, consequentemente, do seu produto final, o vinho.

A complementaridade entre Geologia e Enologia, no que diz respeito à vertente turística, resulta da ocupação de espaços territoriais idênticos no sentido da sua localização geográfica. O desenvolvimento sustentável das regiões vitivinícolas passa por potenciar e fomentar o Geoturismo e Enoturismo, pois soluciona problemas de sazonalidade, cria emprego e promove a consciencialização do público para a preservação do património ambiental e cultural.

No curso de formação “Geologia, Vinha e Vinho” será apresentada uma visão geológica das regiões vitivinícolas de Portugal, dando-se ênfase à geoquímica das rochas e sua respetiva influência no vinho. Serão abordados e discutidos os conceitos de Terroir e zonagem vitícola e definidos os estilos de vinho produzidos na Região do Douro Superior. A problemática das alterações climáticas e as suas implicações vitivinícolas será, igualmente, um tema a debater. Este curso de formação incluirá, ainda, uma reflexão sobre as novas oportunidades que a Geologia e a Enologia podem proporcionar ao turismo na região do Douro, quando abordadas em simultâneo, tendo em vista o seu desenvolvimento sustentável.

Anúncios